Em cada casa visitada, é realizado um censo paroquial a respeito dos sacramentos, assim sendo, aquelas pessoas que necessitam receber algum sacramento da Santa Igreja ficam cadastrados na paróquia e serão procurados pelas pastorais para poderem desta forma regularizarem suas situações.

O contentamento é “marca registrada” em cada visita.
Não há um filho que não se alegre quando a mãe o visita. Quão grande não será essa alegria quando esta visitante é a própria Mãe do Céu?

Também é dever de todo batizado evangelizar, assim sendo é necessário conscientizar a todos da importância de termos uma vida espiritual bem levada e regada com os santos sacramentos.

A prefeitura é a sede do governo de uma cidade, deste lugar saem as decisões para o bom ou mau andamento do município; também esta não poderia deixar de receber a visita da Mãe do Céu.