P1070640A Padroeira das Missões

Santa Teresinha do Menino Jesus nunca saiu do Carmelo, entretanto recebeu o título de Padroeira das Missões com São Francisco Xavier. Qual a razão disto? Com efeito, esta santa mesma afirmava oferecer seus pequenos e grandes sacrifícios, orações, pela salvação das almas e pelos missionários, os quais abandonavam sua terra natal e acorriam para lugares distantes a fim de propagar o Evangelho. Encantava-a especialmente a vocação missionária na Igreja a qual ela seguia de perto, pela Comunhão dos Santos, embora nunca houvesse abandonado sua própria missão, que era especificamente contemplativa.

Do mesmo modo que no tempo de Santa Teresinha, ou até de uma maneira ainda mais intensa, o mundo de hoje, tão marcado pela indiferença religiosa, necessita de atividades de evangelização não somente com relação àqueles que não conhecem a Cristo e sua Santa Igreja, mas também junto aos que, dizendo-se católicos, não têm empenho nenhum em praticar sua religião, constituindo-se a si mesmos uma, por assim dizer, “periferia espiritual”. Estes são os ditos “católicos não praticantes”, que infelizmente correspondem à maioria.

É de tais almas, sobretudo, que os membros da Esposa Mística de Cristo devem ir ao encontro, com o fito de manifestar-lhes quão maravilhosa é a fé católica, quão pacificadora é sua moral, quão abençoadas são suas orações, seus sacramentos, e, de um modo especial, quão cheia de bondade é Aquela que trouxe Cristo ao mundo, a qual sendo Mãe Dele é Mãe da Igreja e de todos os seus membros.

É exatamente isto o que procura fazer a Cavalaria de Maria em suas atividades evangelizadoras por todo o Brasil: ir ao encontro de todas as pessoas, sejam elas católicas ou não, dando atenção maior àquelas ovelhas que mesmo ainda pertencendo ao verdadeiro redil de Cristo, vagueiam pelo mundo à mercê do lobo voraz.

Confira neste post as fotos das visitas da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima aos lares e estabelecimentos pertencentes ao território da Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, localizada no bairro Alvorada II, na capital amazonense. Tais visitas realizaram-se entre os dias 27 de outubro e 2 de novembro de 2014.

Este slideshow necessita de JavaScript.