Por que fomos criados?

ED4A0083“Por que Deus nos terá criado, se Ele de nós não tem nenhuma necessidade? ” Eis uma questão que está na cabeça de muitos.

De fato, Deus não tem de nós absolutamente nenhuma necessidade. Por que Ele nos terá criado, então?

Pai, Filho, Espírito Santo. Um Deus em três Pessoas. Uma Vida. Com efeito, pode a Santíssima Trindade ser comparada a uma família. Mais do que isto: ela é uma Família. A instituição familiar aqui na terra não é senão uma pálida figura da celeste Família composta pelas três Divinas Pessoas.

O Pai gera o Filho. O Pai ama o Filho. O Filho ama o Pai. Deste amor recíproco entre o Pai e o Filho, o Filho e o Pai, procede o Espírito Santo. São três deuses? Não. Um único Deus em Três Pessoas. Quem poderá compreendê-lo? Nenhuma inteligência criada. Está acima de nossa razão. É um Mistério, o principal de nossa fé católica.

O eixo central em torno do qual gira a Vida do Pai é o Amor do Filho. O eixo central em torno do qual gira a Vida do Filho é o Amor do Pai. O Espírito Santo, este Amor, é, por assim dizer, o Coração da Divindade.

É próprio do coração querer comunicar seu amor, desejar expressar de alguma forma o seu amor. De que maneira a Santíssima Trindade comunicou, expressou, difundiu de algum modo este Amor que é o eixo de Sua Vida? Através da Criação de outros seres, os quais são chamados a viver neste mesmo eixo de Amor da Divindade.

É, de fato, por amor que Deus criou todas as coisas. Mais. É para comunicar o Seu Amor, o Espírito Santo aos seres racionais, para fazê-los participar de Sua Bem-Aventurada Vida, na Eternidade.

*         *         *

Na noite do Domingo da Santíssima Trindade – 31 de março de 2015 – foi celebrada a Santa Missa que encerrou a semana missionária na Paróquia São Bonifácio, em Maringá – PR.

Tal celebração, também, encerrou o período de cinco semanas em que a Cavalaria de Maria permaneceu nesta cidade paranaense.

O Revmo. Pe. Sidneis Salazar foi quem presidiu esta solene Santa Missa. Foi ele, também, que, após a Eucaristia, coroou, ao som das trombetas, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, consagrando sua paróquia ao Imaculado Coração de Maria.

Por fim, foram abençoados e entregues novos oratórios do Apostolado “Maria, Rainha dos Corações”.

Confira as fotos no presente post.

Este slideshow necessita de JavaScript.