Uma pobre “rica” viúva

 “Em verdade vos digo: esta pobre viúva deitou mais do que todos os que lançaram no cofre” (Mc 12, 43). Qual a razão pela qual a viúva deu mais do que os outros? Vejam quantas riquezas outros depositam nas arcas de Deus, e esta pobre mulher somente doou duas pequenas moedas! É que os outros, afirmou Jesus, “deitaram do que tinham em abundância” e a mulher “pôs, da sua indigência, tudo o que tinha para o seu sustento” (Mc 12, 44).

Jesus louva a generosidade da mulher. Com efeito, foi ela proporcionalmente mais generosa que os outros, pois entregou tudo a Deus. Além do mais, o que se manifesta neste Evangelho foi o esquecimento de si da pobre viúva, pois se ela deu tudo, o que para ela ficou? Entretanto confiava ela antes de tudo em Deus, que nada lhe deixaria faltar. Eis uma outra virtude manifesta por essa mulher, elogiada, ainda que de um modo implícito por Nosso Senhor.

Mas, se formos penetrar no profundo desse gesto da viúva, o que vamos perceber? Um ardoroso amor a Deus, um fervoroso desejo de servi-lo acima de tudo. É por isso que Nosso Senhor ficou tão encantado com o gesto dessa boa senhora, não deixando de mencioná-lo aos que estavam ali presentes.

Sigamos o exemplo dessa boa viúva. Pode ser que não sejamos chamados a fazer exatamente como ela dando tudo ao Templo. Entretanto, sejamos desapegados, generosos, esquecidos de nós mesmos. Principalmente, amemos a Deus e procuremo-Lo servir acima de tudo. Desta maneira, estaremos aptos a, no momento da morte, encontrarmo-nos com Deus recebendo de suas mãos o prêmio eterno reservado aos seus fiéis servidores.

‘Por outro lado, não sejamos como os doutores da lei, mencionados anteriormente por Cristo, no mesmo capítulo 12 do Evangelho de São Marcos. Qual é a acusação que Jesus lhes faz? Prestemos atenção ao que vem abaixo:

“Guardai-vos dos escribas que gostam de andar com roupas compridas, de ser cumprimentados nas praças públicas e de sentar-se nas primeiras cadeiras nas sinagogas e nos primeiros lugares nos banquetes. Eles devoram os bens das viúvas e dão aparência de longas orações”.

E qual é a divina sentença anunciada pelo mesmo Senhor contra essa espécie de pessoas?

Diz Nosso Senhor: “Por isso, eles receberão a pior condenação” (Mc 12, 38-40). Ó Maria Santíssima! Intercedei por tantos que estejam em tão tortuosos caminhos!

***

abertura das Missões

Entre os dias 05 e 10 de novembro do presente ano, as atividades evangelizadoras continuaram no estado da Bahia e foram realizadas na Paróquia Nossa Senhora da Boa Nova em Boa Nova – BA. Foi o Revmo. Pe. Eneilson Santos de Jesus, que instou a esta unidade missionária dos Arautos do Evangelho a visitar os lares e órgãos públicos do seu território paroquial.

Procissão luminosa

A imagem de Nossa Senhora de Fátima percorreu muitas ruas da cidade levando conforto e paz a diversas famílias.

Algumas vistas

Neste post vêm publicadas as fotografias da abertura das Missões, das Santas Missas, às adorações e bênçãos do Santíssimo Sacramento, bênçãos e imposições de escapulários de Nossa Senhora do Carmo, Procissão luminosa e a Missa de encerramento das Missões.

Missa de encerramento