Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça

A História da Igreja está coalhada de santos que se caracterizaram por haverem sido grandes combatentes. Entre eles, destaca-se a figura de Santo Hilário de Poitiers o qual, conforme a informação biográfica publicada na Liturgia das Horas, “lutou corajosamente contra a heresia dos arianos, sendo por isso exilado pelo imperador Constâncio”.

Por que razão foi este grande santo perseguido desta maneira, ao invés de ser reconhecido pelo bem que praticava, pela verdade que pregava? Por pelejar pela ortodoxia católica. Este é, com efeito, o quinhão dos santos, daqueles que pugnam pelos verdadeiros ideais da Igreja e da Civilização Cristã aqui nesta terra de exílio: sua presença incomoda os ímpios os quais não querem senão exterminá-los e, se não o puderem fazer, relegam-nos ao ostracismo, como fez o então imperador romano com o grande Santo Hilário, bispo de Poitiers. Contudo, Jesus afirmou: “Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!” (Mt 5, 10). Se o quinhão dos santos combatentes da fé aqui na terra é a perseguição, os sofrimentos, a morte, o ostracismo, seu galardão na outra vida não será outra senão a posse do “Reino dos céus”, a felicidade eterna junto de Deus.

*          *          *

A Missão Continua! Entre os dias 28 de outubro e 03 de novembro de 2019, as atividades missionárias aconteceram no Santuário Diocesano Nossa Senhora de Fátima. Foi o Revmo. Pe. Evandro Magri Calvoso, que instou a esta unidade missionária dos Arautos do Evangelho a visitar os lares e órgãos públicos do seu território paroquial.

Neste post vêm publicadas as fotografias da abertura das Missões, das Santas Missas, às adorações e bênçãos do Santíssimo Sacramento, bênçãos e imposições de escapulários de Nossa Senhora do Carmo, Procissão luminosa e a Missa de encerramento das Missões.

Missas

A imagem de Nossa Senhora de Fátima percorreu muitas ruas levando conforto e paz a diversas famílias.

Visitas

Procissão

Encerramento